28.5.08

Open the gates

Eu não sei se eu já falei aqui que, quando eu sou bom, eu sou muito bom. Mas, quando eu sou mal, eu sou um filho da puta do caralho de mal. Coitado de quem despertou o taurino que está a flor da pele ultimamente.

Um comentário:

Por um Brasil de Cidadania disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.