22.1.07

My own private Babel

Em tempos de Internet e relacionamentos escritos, a gente acaba esquecendo como a entonação de uma frase pode fazer toda a diferença em uma conversa. E me lembrei da pior maneira que poderia acontecer.

***

Ainda assim, da mesma forma que quem não quer ver estrelas não olha para o céu - como diria minha tia Neide - tem gente que só escuta certas coisas da maneira que se acostumou a sempre escutar.

***

Isso tudo vem da seguinte constatação: por mais idiotas que sejamos, nós, homens machos do sexo masculino, sabemos muito bem como as mulheres são diferentes entre si. As piranhas, as certinhas, as indecisas, as decididas, as modernas, as conservadoras... Enquanto isso, 99% das mulheres continuam achando os homens todos iguais. E vão continuar pastando muito por causa disso. Bem feito.

***

E o saldo mais negativo de toda essa história: a Ana vai nascer com cara de empadão goiano. :/

2 comentários:

LuLu disse...

Chamada para a minoria feminina que não pensa assim: PRESENTE!
hehehehehe ;)

Anônimo disse...

hahahahahahahaha
Voce tem ate o fim de marco pra voltar em GO, ou so ate metade do caminho e comprar o empadao dela....
Ainda bem que ainda tenho 1 aqui no meu congelador.
Beijos
Ju e Ana