4.1.10

Documentário de Origem Controlada - NY77: the coolest year in hell.

Taí uma coisa que eu aposto você não sabia de mim: eu adoro assistir documentários. E, quanto mais difícil de achar, melhor. Por isso que eu saio fuçando por aí até encontrar as histórias mais engraçadas, escabrosas, inacreditáveis e emocionantes que os humanos possam produzir. E como além de bonito, inteligente e humilde, eu sou um cara extremamente caridoso, vou passar a dividir com vocês alguns desses documentários. É a nova coluna do LLL: Documentário de Origem Controlada.

Vai funcionar assim: toda segunda eu venho aqui, faço uma pequena resenha de um documentário bacana e coloco umas fotinhas. Nada muito aprofundado sobre o filme, pra isso existe o IMDB. Se você ficar curioso pra assistir, basta me mandar um e-mail com o assunto “DOC” ou uma mensagem via Facebook. Aí eu te dou um help pra conseguir o dito cujo. Ah, mas tem uma pegadinha: a maioria está em inglês e sem legendas. Mas é bom que você pratica seu listening, né?



E pra começar bem essa brincadeira, o primeiro documentário é o NY 77: the coolest year in hell. Esse nem é tão complicado de assistir por aí. Ele faz parte da série RockDocs do canal VH1 e já deve até ter passado na TV a cabo. Mas vale a pena ver de novo, bem mais do que as novelas da tarde.



O filme conta tudo sobre o ano que, além de ser o ano em que eu nasci, teve muitas outras coisas interessantes acontecendo (hahaha). Nesse caso, na cidade de Nova York. Imagine eclodindo num mesmo ano e numa mesma cidade os movimentos disco, hip hop e punk! Já dá pra imaginar um documentário com muita música boa. E também informação. Quer finalmente saber o que significa CBGB? Então assista.



E, além da música, o cuidado visual também é alucinante e reflete fielmente a linguagem de cada uma dessas vertentes musicais. Tudo recheado com entrevistas de pessoas que presenciaram aquele momento e ainda um interessantíssimo material fotográfico e em vídeo originais da época.



Bom, é isso. Segunda que vem eu volto. Espero.

4 comentários:

Lili Pulz disse...

Pelo amor de Deus, onde acho isso? Já tinha lido sobre esse documentário, mas nunca consegui achar pra alugar ou baixar...

Lili Pulz disse...

Pelo amor de Deus, onde acho isso? Já tinha lido sobre esse documentário, mas nunca consegui achar pra alugar ou baixar...

l. disse...

Clica aqui, Lili. Clica aqui. :D

files.me.com/luciocaramori/caxws4

Anônimo disse...

tem legendado ??