21.7.04

Como foram bonitos os últimos dias em Barcelona. O sol, que insistia em sair tímido semanas atrás, voltou a se mostrar fortemente pelas colinas de Tibidabo. Aquele frio que nos dava tanta preguiça de sair de casa, se transformou em uma brisa gostosa e em um clima ameno de fim de inverno. Caminhar pelo Passeio de Gracia ou pela Rambla de Catalunha voltou a ser um programa prazeroso para aquelas horas de siesta na qual tudo está fechado. E as lindas catalanas novamente foram às ruas. Elas que pareciam ter sumido nos dias anteriores, talvez por estarem enclausuradas em seus pisos aconchegantes com o calor da calefação. E reapareceram mais perfumadas, mais elegantes e mais sensuais do que nunca. Como foram bonitos os dias que antecedem minha partida de Barcelona. Em uma conjunção inigualável e maravilhosa de sons, cheiros e imagens, a cidade parecia querer, então, me dizer suas últimas palavras: tchau, babaca.

l. (a maneira de Millor)

30.01.2003

(N.A.: mensagem mandada à amigos um dia antes de deixar Barna e abandonar o "Proyecto Barcelona")

2 comentários:

Ticcia disse...

Quem somos nós pra tentar entender os desígnios insondáveis da vida? E se estivesses lá? Será que nos encontraríamos sob os mosaicos do parque? :-)

l. disse...

Tem razão, Ti. Tem razão. ;)