26.7.04

Minhas obras

A palavra é meu tijolo. E com ela construo casas, muros, canteiros. Mas não se engane quem lê agora essa pequena construção. Não sou engenheiro ou arquiteto. Sou simples pedreiro. Pouco sei sobre levantar frases. Mas observo os mestres e, aos poucos, também uso cimento, areia e brita para por de pé o meu trabalho. E não quero ser grandioso. Quero entregar pequenas casas, que sejam aconchegantes. Ou até mesmo um muro que ofereça um pouco de sombra em um dia quente. Mas se um dia erguer uma escada difícil de escalar, com alguns degraus irregulares, por favor, não dispense meus serviços. Estou somente no começo de minhas obras. Minhas obras.

(iniciado em JAN/03 em Lisboa)

17.06.03

Um comentário:

Ticcia disse...

Parecido com aquele texto "Constução" que eu te mandei, né? Beijos.